Entrevista: Amanda Oliveira - Quase 30

Meu Blog: Retrôckabillyzando

Olá de novo meus brotos!

    Trago hoje o início de um projeto muito bacana. Uma série de entrevistas com pessoas que vivem num estilo mais “antigo”. O intuito do projeto é mostrar a vocês sobre como é o dia-a-dia dessas pessoas que escolheram "parar no tempo", quais são os pontos bonspontos ruins, qual é o olhar das pessoas em relação a tudo isso.
    E hoje apresento você a minha amiga Amanda Oliveira. Ela é uma pessoa bacana, carismática uma verdadeira fofa...



    Confira então como é o ponto de vista da nossa diva.

Retrôckabillyzando: Como você conheceu o estilo? Adquiriu faz muito tempo?

Amanda: Não basta passar um batom vermelho, um bom delineador, colocar um salto alto e um vestido lindo. Para se considerar uma pin up e ser reconhecida como tal é necessário mais do que isso. Comigo aconteceu da forma mais natural possível. Eu costumo brincar que já nasci assim e depois de longos anos comecei a ser reconhecida na rua.    
Não sei se foi o batom vermelho ou o rímel, talvez os vestidos, ou até mesmo meu jeito... Provavelmente foi o conjunto. Algo começou a chamar a atenção de algumas pessoas, e estas por sua vez, vieram me questionar sobre meu estilo. E isto não faz muito tempo, acredito que uns três anos, ou seja, com 25 anos.
Sempre me julguei clássica, mas nunca pin up, até por que, somente após estas abordagens e algumas deliciosas pesquisas, comecei a compreender todos os elogios e comparações; e percebi que antes de conhecer todo esse universo eu já fazia parte dele. E não digo somente pelo meu estilo, mas também pelo meu jeito, meus valores e preferências.  
Atualmente carrego comigo, estampada em minha pele, uma pin up belíssima feita pelo tatuador Argentino Santiago Lopez e desenho do maravilhoso artista Gil Elvgren. Mais uma está por vir. O desenho já foi escolhido e esse trabalho entreguei nas mãos do amigo e talentosíssimo Roberto Ferraraccio, conhecido por Saddam.
Mas quem me conhece sabe que não ando arrumada 24h por dia. Um dos meus trabalhos não me permite um salto alto; sou fiscal de pátio, atualmente no Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins/BH. O uniforme inclui camisa polo, calça larga e cheia de bolsos, sapato de segurança e um colete verde-limão.  Além de rádio e outros equipamentos necessários.

Retrôckabillyzando: O que seus amigos e parentes pensam sobre você e o estilo?

Amanda: Balizo aviões, sou gestora de eventos, tenho nove tatuagens, amo fotografia e sou interiorana. Não sou só a pin up. Sou sim uma mulher inteira, que trabalha, que corre e que vive. Diante de toda essa complexidade, minha família e meus amigos estão sempre ao meu lado. Opinam na escolha do look, me presenteiam com mimos que encontram por aí, se lembram e comentam quando veem qualquer coisa que tenha ligação com o meu universo. É impossível para eles não fazer esta conexão (Amanda/pin up), pois já faz parte da minha identidade, de quem sou como pessoa. Um certo dia, ao chegar em casa, meu afilhado Matheus só tem 14 anos e me pediu para fechar os olhos e abrir as mãos. Eu fiz o que ele me pediu, e, ao abrir os olhos, eu tinha em minhas mãos a primeira miniatura da Betty Boop. Com certeza um presente lindo e inesquecível, que eu guardo com todo o carinho! Segundo a mãe dele, que também é minha madrinha, Tânia, foi impossível detê-lo nesta compra. Contou-me que ao ver a miniatura exposta no mercado, ele não se preocupou em saber se tinha dinheiro, mas sim com o fato de que ele “precisava” me dar de presente, por que era a minha “cara”.

Retrôckabillyzando: Quais são suas inspirações?

Amanda: O universo pin up é demasiadamente amplo e abrange diversas estilos diferentes, como o cheesecake, Chola, Rockabilly, Burlesque, Modern, Modern Retro, entre tantos outros. Eu me identifico com o estilo mais clássico, normalmente chamado de Classic Hollywood. Nesta linha, eu me inspiro em grandes divas como Marilyn Monroe, Ava Gardner e Jane Russel. Grandes atrizes que, com a expansão do cinema americano, inspiraram mulheres do mundo todo. O estilo Classic Hollywood tem como características principais além da sensualidade, o charme e a elegância. Para dias normais e ensolarados, algo mais simples como um short de cintura alta com uma blusinha, sapatilha e uma make com o básico pra uma pin up já dá o tom do dia. Para noites de grande inspiração, cada detalhe faz uma imensa diferença. Costumo optar por unhas vermelhas e os cílios postiços se tornam obrigatórios, assim como um belo par de saltos alto. Já o vestido, esse, sim, é a cereja do bolo. Gosto dos modelos “revisitados”, modernos e inspirados na década de 50.

Retrôckabillyzando: Você já sofreu algum tipo de preconceito por conta de ser Pin Up?

Amanda: Preconceito? Não! De forma alguma. O que percebo é uma curiosidade gigantesca por parte de alguns, já que me movimento entre diversos grupos e nem todos fazem parte desse universo.

Retrôckabillyzando: Você já fez algum trabalho que envolvesse Pin Up’s, Rockabilly, Vintage e etc?

Amanda: Além do último ensaio com a maravilhosa fotógrafa e amiga Nany Boo, realizada numa chácara belíssima em Itapecirica da Serra-SP do grande amigo Arthur Maluf Barreto, em que nos inspiramos no estilo Classic Hollywood e brincamos com alguns elementos visuais correlacionados; trabalhei também na Segunda edição do Tattoo Art Festival, realizado em São Bernardo do Campo - SP, e vou trabalhar na sua Terceira Edição, dias 29 e 30/11 e 01/12/2013.
Um evento de grande importância para a área tema, com a presença de tatuadores de todo o Brasil e muitos internacionais, além de vários outros atrativos; é uma ótima opção de lazer para toda a família.
Para concluir, além de estar sempre aberta a novas possibilidades e convites profissionais, algumas horas dos meus dias são destinadas a um projeto muito especial para mim, completamente retrô e apaixonante. Algo que estou desenvolvendo com muito carinho e cuidando de todos os pontos para ter algo muito bom e que reflita minha vida, minha personalidade, meu gosto e esse universo. Espero anunciar o nascimento desse projeto tão esperado em pouco tempo, vocês aqui do Retrôckabillyzando saberão logo.

Confira agora um maravilhoso trabalho da Amanda e da Nanny Boo:

Ensaio - Quase 30


























































































Uma verdadeira fofa não é?

Pra conhecer um pouco mais da Amanda e um pouco mais sobre o Maravilhoso trabalho da Nany Boo deixarei o link delas aqui.


Bom espero que tenham gostado, beijos açucarados!

Comentários

  1. Adorei o estilo da Amanda, ela é muito linda!

    Obrigada pela sua visita, já tô te seguindo!

    Beijão!

    Piece of My Heart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha diva, sim a Amanda é linda e muito estilosa.
      Beijocas

      Excluir
  2. Que linda e tem respostas bem completas né, estou apaixonada pelo estilo dela *-*
    amei o blog flor e já estou seguindo e curtindo a fan page.
    Um beijão da Mari.
    Facebook: Teorema de Mary
    Blog: Teorema de Mary

    ResponderExcluir
  3. Oi! Agradeço muito sua visita ao meu blog e a oportunidade de conhecer o seu, me encantei! Adorei o projeto e a entrevista, ela é realmente linda e o estilo também. Sempre curti referências retrô mas não teria a coragem necessária de sair por aí tão literal (e maravilhosa!) hahah. Estou seguindo/curtindo seu blog. Beijos, Bruna. http://chanelfakeblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei a entrevista!
    Todas as fotos ficaram lindas, parabéns! :]

    Beijos e obrigada pela visita ao meu blog!
    http://www.annacaarol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa que liiinda , as fotos até parecem desenho de tão bonita que ela é , e suuuper estilosa

    Adorei o blog , adoraria sua visita no meu =)

    claudiniz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Que surpresa linda encontrar a entrevista também aqui, e com comentários tão carinhosos! Obrigada a cada uma de vocês! E Letícia minha linda, parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Ensaio Completo Pin Up Eliana

Moda Retrô no Cotidiano: Saias

Projeto Vintage e Retrô: Noivas